google-site-verification=21d6hN1qv4Gg7Q1Cw4ScYzSz7jRaXi6w1uq24bgnPQc

CONDE DE MONTE CRISTO NO CINEMA / TV

conde-de-monte-cristo-no-cinema-tv

O Conde de Monte Cristo é um romance da literatura francesa escrito por Alexandre Dumas concluída em 1844. É considerado, juntamente com Os Três Mosqueteiros, uma das mais populares obras de Dumas, e é frequentemente incluída nas listas de livros mais vendidos de todos os tempos. O nome do romance surgiu quando Dumas a caminho da Ilha Monte-Cristo, com o sobrinho de Napoleão, disse que usaria a ilha como cenário de um romance.

O livro conta a história de um marinheiro que foi preso injustamente. Lá, conhece um clérigo de quem fica amigo. Quando o clérigo morre, ele escapa da prisão e toma posse de uma misteriosa fortuna. O marinheiro, agora em condições financeiras, pode vingar-se daqueles que o levaram à vida de prisioneiro.

Devido à falta de informação sobre os filmes, e a falta de variação do filme sobre o tema, as sinopses são em grande parte a mesma. E se notar, ao assistir o filme, verá que ela encaixa.

Vamos à lista


Diretor: Emmett J. Flynn

Edmond Dantes é injustamente aprisionado no dia de seu casamento, sob a acusação de espionar para Napoleão. Depois de muitos anos, consegue escapar e adotar a identidade do Conde de Monte Cristo, para se vingar dos que o traíram. (sinopse genérica por falta de dados)

Direção: Henri Fescourt

Edmond Dantés, um audacioso mas ingênuo marinheiro, é preso sob falsa acusação, em 1815, por ter ido à Ilha de Elba, onde teria recebido uma carta de Napoleão em seu exílio. Na verdade, era vítima de um complô entre três pessoas interessadas: o juiz de Villefort, filho do destinatário da carta de Napoleão, que, mesmo atestando sua inocência, quis silenciá-lo; o seu amigo, Danglars, que desejava o posto de capitão do navio, já que Dantés recebeu o posto por mérito, e Fernand Mondego, melhor amigo, primo e futuro marido de sua então noiva, a catalã Mercedes (que, porém, nunca o esqueceu).

Direção: Karl Hartl

As duas atrizes aspirantes Jeanette e Mimi estão esperando sua grande no cinema. Quando as duas têm a chance de dar um passeio em um elegante carro durante uma filmagem, Jeanette pisa no acelerador e as duas amigas decolam. Sua jornada sem rumo as leva a um elegante hotel de esportes de inverno, onde Jeanette se hospeda sob o nome "Condessa de Monte Cristo".

Direção: Rowland V. Lee

Edmond Dantes (Robert Donat) é um marinheiro que tinha recebido há pouco uma promoção e estava a ponto de se casar a bela Mercedes (Elissa Landi). Raymond de Villefort Jr. (Louis Calhern), Fernand de Mondego (Sidney Blackmer) e Danglars (Raymond Walburn), todos secretamente partidários do deposto Napoleão (Paul Irving), fizeram de Dantes um bode expiatório em uma trama envolvendo Bonaparte. Embora inocente, Dantes foi preso e condenado à prisão perpétua no Chateau d'If, que era praticamente à prova de fugas, pois ficava em uma ilha. 

Direção:  Rowland V. Lee

Em 1865, o general Gurko Lanen é ditador de “Lichtenburg”, nos Balcãs. O Conde de Monte Cristo, visitando o país, apaixona-se por opositora ao regime e se compromete a ajudá-la.

Direção: Roberto Gavaldón, Chano Urueta

Edmond Dantes é injustamente aprisionado no dia de seu casamento, sob a acusação de espionar para Napoleão. Depois de muitos anos, consegue escapar e adotar a identidade do Conde de Monte Cristo, para se vingar dos que o traíram. (sinopse genérica por falta de dados)

Direção Robert Vernay, Ferruccio Cerio

Edmond Dantes é injustamente aprisionado no dia de seu casamento, sob a acusação de espionar para Napoleão. Depois de muitos anos, consegue escapar e adotar a identidade do Conde de Monte Cristo, para se vingar dos que o traíram.

Em duas partes de 1h.30min. 

Direção: Henry Levin

O neto do real Conde de Monte Cristo também foi condenado e banido para uma ilha para evitar que de alguma forma ele possa tomar posse de sua legítima herança. Esta está nas mãos de um vilão que não tem intenção de devolvê-la ao seu legítimo proprietário.

Direção: Hinri Barakat 

Um jovem, preso falsamente por seu ciumento "amigo", escapa e usa um tesouro escondido para se vingar.

Direção: Harold Daniels

O filho do lendário Conde de Monte Cristo é enquadrado por um assassinato que ele não cometeu por um dos inimigos mais amargos de seu pai, um homem que está determinado a obter as mãos sobre a riqueza da família.

Direção: León Klimovsky

Edmond Dantes é injustamente aprisionado no dia de seu casamento, sob a acusação de espionar para Napoleão. Depois de muitos anos, consegue escapar e adotar a identidade do Conde de Monte Cristo, para se vingar dos que o traíram. (sinopse genérica por falta de dados)

Direção: Robert Vernay

Edmond Dantes é falsamente acusado por ciúmes de sua boa sorte e é condenado a passar o resto de sua vida na famosa prisão Chateau d'If. Enquanto preso, ele conhece o Abade Faria, um companheiro de prisão que todo mundo acredita estar louco. O Abade conta a Edmond de um tesouro fantástico escondido em uma pequena ilha, da qual apenas ele sabe a localização. Depois de muitos anos na prisão, o velho Abade morre e Edmond foge disfarçado de cadáver. Agora livre, Edmond deve encontrar o tesouro que o Abade lhe falou, para que ele possa usar a riqueza recém-descoberta para se vingar daqueles que o prejudicaram.

Direção: Gilberto Martínez Solares

Homem é acusado de fraude e enviado à prisão, mas dá um jeito de escapar e provar sua inocência. O filme extrai parte de sua trama de O conde de Monte Cristo, de Alexandre Dumas ,com o cenário mudado para o México contemporâneo.  

Direção: Charles Bennett, Dennis Vance, Sidney Salkow, David MacDonald, Budd Boetticher

Série de TV adaptada do clássico romance de Alexandre Dumas, produzida pela ITC Entertainment / TPA. Ele estreou no Reino Unido no início de 1956 e durou 39 episódios de trinta minutos, dramatizando as contínuas aventuras de Edmond Dantès, o conde de Monte Cristo, durante o reinado de Louis Philippe I d'Orléans , rei dos franceses em 1830 até 1848. Os doze primeiros episódios foram filmados nos Estados Unidos, nos estúdios Hal Roach , e o restante na cidade tradicional de Elstree, na ITC.

Direção: Claude Autant-Lara

Edmond Dantes é injustamente aprisionado no dia de seu casamento, sob a acusação de espionar para Napoleão. Depois de muitos anos, consegue escapar e adotar a identidade do Conde de Monte Cristo, para se vingar dos que o traíram. (sinopse genérica por falta de dados).

Direção: Monty Berman, Robert S. Baker

Rory Calhoun faz o papel de um homem do século XVIII à procura de um tesouro enterrado. Variação da história clássica de Alexandre Dumas, em que um grupo de caçadores de tesouros do século XIX junto as diferentes partes de um mapa e de mão da costa italiana, em busca de um tesouro fabuloso.

Direção: Peter Hammond

Edmond Dantes, um marinheiro, é falsamente acusado e preso por três homens que têm várias razões para sentir inveja dele. Depois de 14 anos preso no Chateau d'If, ele escapa e, depois de recuperar um tesouro escondido na ilha de Monte Cristo, revelado a ele pelo Abade Faria , um companheiro de prisão, ele inicia uma campanha de vingança contra aqueles que o prejudicaram.

Direção: Peter Hammond

Edmond Dantes, um marinheiro, é falsamente acusado e preso por três homens que têm várias razões para sentir inveja dele. Depois de 14 anos preso no Chateau d'If, ele escapa e, depois de recuperar um tesouro escondido na ilha de Monte Cristo, revelado a ele pelo Abade Faria , um companheiro de prisão, ele inicia uma campanha de vingança contra aqueles que o prejudicaram.
Produção feita para tevê.

Direção: David Greene 

Edmond Dantes (Richard Chamberlain) é um marinheiro em Marselha que, apesar de não possuir riquezas e nem conhecimento como ler e escrever, é muito feliz ao lado de sua noiva Mercedez (Kate Nelligan), seu melhor amigo Mondego (Tony Curtis) e seu pai (Ralph Michael).
Após ter arriscado a sua vida para salvar a de seu capitão, Edmond consegue ajuda médica de um líder de guerra francês que, este, pede em troca que entregue uma carta a um suposto amigo em Marselha.

Direção: Denys de La Patellière

Jacques Weber desempenha o papel de Edmond Dantès, o infeliz marinheiro de Marselha que,em 1815, no próprio dia do casamento é preso, sob acusação de ser Bonapartista, no castelo de If e aí fica durante quinze anos. Dantès, inocente de qualquer acusação, tinha sido vítima do seu rival amoroso, Fernand e também do seu rival de trabalho.

Série francesa de 6 episódios, produzida em 1979 com a participação da RTP. Considerada por muitos como a melhor adaptação da obra de Alexandre Dumas. Excelentes interpretações e com a participação de atores portugueses.

Direção: Georgi Yungvald-Khilkevich

Versão russa do clássico de Alexandre Dumas. Edmond Dantes é injustamente aprisionado no dia de seu casamento, sob a acusação de espionar para Napoleão. Depois de muitos anos, consegue escapar e adotar a identidade do Conde de Monte Cristo, para se vingar dos que o traíram.

Direção: Josée Dayan

Edmond Dantés (Depardieu), um audacioso mas ingênuo marinheiro, é preso sob falsa acusação, em 1815, por ter ido à Ilha de Elba, onde teria recebido uma carta de Napoleão em seu exílio. Na verdade, era vítima de um complô entre três pessoas interessadas: o juiz de Villefort, filho do destinatário da carta de Napoleão, que, mesmo atestando sua inocência, quis silenciá-lo; o seu amigo, Danglars, que desejava o posto de capitão do navio, já que Dantés recebeu o posto por mérito, e Fernand Mondego, melhor amigo, primo e futuro marido de sua então noiva, a catalã Mercedes (que, porém, nunca o esqueceu).

Direção: Kevin Reynolds

Baseado no clássico de Alexandre Dumas. O jovem Edmond Dantes (Jim Caviezel) é um rapaz ingênuo e honesto que planeja casar-se com a bela Mercedes e levar uma vida tranqüila. Mas tudo desmorona quando seu melhor amigo, Fernand (Guy Pearce), que também cobiça Mercedes, arma-lhe uma traição. Vítima de uma conspiração, Edmond fica preso durante 13 anos. Atormentado pelo curso que sua vida tomou, tudo que ele classificava por certo e errado vai sendo esquecido e substituído por uma obsessão de vingança contra aqueles que o traíram. Com a ajuda de outro detento (Richard Harris), inocente como ele, Dantes foge da prisão e assume a identidade do misterioso e rico Conde de Monte Cristo. Com estratégias bem formuladas, ele se infiltra na aristocracia francesa e vai destruindo um a um todos os homens que o traíram e o mantiveram preso por mais de uma década.

Direção: Mahiro Maeda

Durante uma viagem a Luna, Albert e Franz, dois nobres de Paris, encontram um homem envolto por mistério, sedução e carisma que fascina os dois jovens, especialmente Albert. Ninguém sabe quem ele é, de onde veio ou o que ele quer, apenas que fez fortuna rapidamente e agora vive em luxuosos hotéis, sempre cercado de belas mulheres. Pretendendo viajar à Paris, o Conde pede um favor à Albert: que o apresente à alta sociedade de Paris.
Em 24 episódios.

Tecnologia do Blogger.