google-site-verification=21d6hN1qv4Gg7Q1Cw4ScYzSz7jRaXi6w1uq24bgnPQc

10 FILMES DIRIGIDOS POR NEGROS PARA REFLETIR SOBRE RACISMO E A CULTURA AFRO


Não vou discutir o sexo dos anjos em uma lista de indicações, mas com quase 8 bilhões de pessoas sobrevivendo neste mundo insano, ainda há espaço para separar talentos por gênero ou cor.

Basicamente, os grandes são homens e brancos. Em um dos últimos sensos que vi, a população de negros rivaliza com a de brancos (com asiáticos superando as duas), o que nos leva a crer, dentro de um inverso de variáveis complexas, o que define a desigualdade é a falta de oportunidades (ou o cerceamento das mesmas).

Mesmo assim, há os que rompem barreiras. Diretores como Melvin van Peebles e Gordon Parks colocaram narrativas negras na vanguarda durante década de 1970, criando um subgênero conhecido como “blaxploitation”.

Por este motivo, hoje vou iniciar uma sequência de posts mostrando que há vida além do universo dominante...

Boa sessão: 


Um dos pioneiros do movimento Blaxploitation, vertente de filmes iniciada nos anos 70, destinada a valorizar a cultura negra no cinema americano. "Sweetback" (Melvin Van Peebles), um malandro que ganha a vida como garoto de programa, precisa fugir das autoridades após defender outro jovem negro da agressão de dois policiais racistas.


O detetive John Shaft (Richard Roundtree) investiga uma guerra de gangues no Harlem quando é contatado por Bumpy Jonas (Moses Gunn), o líder da máfia negra. Bumpy quer que o detetive encontre sua filha, que foi sequestrada. Agora aliado do mafioso, Shaft descobre que o rapto foi coisa da máfia italiana, que deseja tomar o território dos negros.


O cotidiano de Stan (Henry G. Sanders), pai de família que trabalha em um abatedouro. Ele mora numa área barra pesada de Los Angeles, ignorada pelo governo. Enquanto trabalha exaustivamente, seu casamento sofre com a rotina e seus filhos estão à beira da marginalidade. Ainda assim, Stan permanece tranquilo.


Em 1984, no South Central, bairro de maioria negra de Los Angeles, Reva Devereaux (Angela Bassett), mãe de Tre Styles (Cuba Gooding Jr.), conclui que não tem condições de criar o filho rebelde, mas inteligente. Reva decide entregá-lo aos cuidados do pai, Furious Styles (Laurence Fishburne), que passa ao filho valores éticos e morais em uma região marcada pelo pobreza e violência. Após sete anos Tre faz dois grandes amigos: Ricky Baker (Morris Chestnut) e Doughboy (Ice Cube), mas cada um dos três tem objetivos bem distintos na vida.


Em 1902, uma família de Gullah, descendentes de cativos africanos que escaparam do tráfico de escravos, se muda para as proximidades da Carolina do Sul e Geórgia. Nesta jornada, eles aprenderão o valor da família e, juntos, irão lutar para conquistar sua liberdade.


Biografia do famoso líder afro-americano (Denzel Washington) que teve o pai, um pastor, assassinado pela Klu Klux Klan e sua mãe internada por insanidade. Ele foi um malandro de rua e enquanto esteve preso descobriu o islamismo. Malcolm faz sua conversão religiosa como um discípulo messiânico de Elijah Mohammed (Al Freeman Jr.). Ele se torna um fervoroso orador do movimento e se casa com Betty Shabazz (Angela Bassett). 
Malcolm X ora uma doutrina de ódio contra o homem branco até que, anos mais tarde, quando fez uma peregrinação à Meca abranda suas convicções. Foi nesta época que se converteu ao original islamismo e se tornou um "Sunni Muslim", mudando o nome para El-Hajj Malik Al-Shabazz, mas o esforço de quebrar o rígido dogma da Nação Islã teve trágicos resultados.


841. Solomon Northup (Chiwetel Ejiofor) é um escravo liberto, que vive em paz ao lado da esposa e filhos. Um dia, após aceitar um trabalho que o leva a outra cidade, ele é sequestrado e acorrentado. Vendido como se fosse um escravo, Solomon precisa superar humilhações físicas e emocionais para sobreviver. Ao longo de doze anos ele passa por dois senhores, Ford (Benedict Cumberbatch) e Edwin Epps (Michael Fassbender), que, cada um à sua maneira, exploram seus serviços.


Em 1988, um novo grupo revoluciona a música e a cultura pop, transformando e influenciando o hip hop para sempre. O primeiro álbum do N.W.A, "Straight Outta Compton", causa polêmica com sua bruta honestidade sobre a vida no sul de Los Angeles. Guiados pelo empresário veterano Jerry Heller, os integrantes do grupo, Ice Cube, Dr. Dre, Eazy-E, DJ Yella e MC Ren, navegam pela indústria da música, conquistam fama, fortuna e um lugar na história.


Em Pantera Negra, após a morte do rei T'Chaka (John Kani), o príncipe T'Challa (Chadwick Boseman) retorna a Wakanda para a cerimônia de coroação. Nela são reunidas as cinco tribos que compõem o reino, sendo que uma delas, os Jabari, não apoia o atual governo. T'Challa logo recebe o apoio de Okoye (Danai Gurira), a chefe da guarda de Wakanda, da irmã Shuri (Letitia Wright), que coordena a área tecnológica do reino, e também de Nakia (Lupita Nyong'o), a grande paixão do atual Pantera Negra, que não quer se tornar rainha. Juntos, eles estão à procura de Ulysses Klaue (Andy Serkis), que roubou de Wakanda um punhado de vibranium, alguns anos atrás.


Adelaide (Lupita Nyong'o) e Gabe (Winston Duke) decidem levar a família para passar um fim de semana na praia e descansar em uma casa de veraneio. Eles viajam com os filhos e começam a aproveitar o ensolarado local, mas a chegada de um grupo misterioso muda tudo e a família se torna refém de seus próprios duplos.

Tecnologia do Blogger.